Região

Plataforma de Ciência Aberta é caso de estudo

Escrito por Jornal O Interior

A Plataforma de Ciência Aberta, sediada em Barca d’Alva (Figueira de Castelo Rodrigo), irá funcionar como caso de estudo para a implementação da rede europeia Open Science Hub (OSHub).
O objetivo é expandir este projeto até 2022 para países como a Holanda, Irlanda, Itália, Suíça, Áustria, França, República Checa, Portugal e Grécia, que formam um consórcio liderado pela Universidade de Leiden (Holanda) e financiado pelo programa quadro da União Europeia H2020. A Plataforma de Ciência Aberta foi o primeiro OSHub criado no ano de 2017 e resultou de uma parceria entre o município de Figueira de Castelo Rodrigo e a Universidade de Leiden. Após dois anos de existência, o projeto serviu cerca de 4.500 participantes através de exposições, oficinas de ciências para estudantes, atividades para o público em geral, programas nacionais de intercâmbio escolar, conferências para especialistas, projetos de ciência para os cidadãos, iniciativas de escola aberta, projetos de inovação social e residências de projetos com investigadores e inovadores. Além disso, co-desenvolveu uma aplicação digital de ciência cidadã, em colaboração com o Instituto Politécnico de Beja, que foi premiada com dois financiamentos internacionais e vários nacionais, e obteve prémios nacionais e internacionais.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta