Região

Detido por violência doméstica na Mêda fica com pulseira eletrónica

Escrito por Luís Martins

A GNR da Mêda deteve um homem de 42 anos, na segunda-feira, por violência doméstica numa localidade daquele concelho. 

Segundo o Comando Territorial da Guarda, a detenção foi realizada por elementos do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas no âmbito de uma investigação que decorria há cerca de uma semana. «A GNR apurou que o suspeito exercia violência física, psicológica e ameaças sobre a sua esposa de 35 anos, tendo os militares dado cumprimento a um mandado de detenção e condução», adianta a Guarda.

O suspeito foi presente ao Tribunal de Vila Nova de Foz Côa, tendo ficado sujeito às medidas de coação de proibição de contactos e de aproximação da vitima a menos de 4.000 metros. «Está ainda proibido de entrar e permanecer na freguesia onde reside a vítima, sendo controlado por pulseira eletrónica, e terá que se submeter a tratamento às dependências de consumo de estupefacientes», refere a GNR em comunicado.

 

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta