Região

Três detidos por maus tratos a idosos no caso do lar ilegal de Caria

Escrito por Luís Martins

A GNR confirmou esta sexta-feira a detenção de um homem e duas mulheres, com idades entre os 19 e 47 anos, pelo crime de maus tratos e posse de armas na sequência do fecho do lar de idosos ilegal em Caria (Belmonte).

Segundo o Comando Territorial de Castelo Branco, os suspeitos foram detidos no âmbito de uma operação do Núcleo de Investigação Criminal da GNR da Covilhã realizada ontem e que culminou uma investigação, em curso «há cerca de um mês, a qual teve origem numa denúncia pelo crime de maus tratos em lar de idosos, que funcionava em situação irregular». Os militares realizaram dois mandados de busca domiciliária e dois em veículos, tendo apreendido uma caçadeira de calibre 12, um revólver de calibre .32 e 41 munições de diversos calibres (na foto).

«Numa das residências, que não apresentava condições para acolhimento de idosos, encontravam-se cinco utentes, estando um deles, no momento da fiscalização, imobilizado na cama, tendo sido decretado pelo Instituto da Segurança Social o encerramento imediato do lar», confirma a GNR, que adianta, em comunicado, que quatro desses idosos foram institucionalizados e o quinto foi acolhido pela família.

A GNR refere que a operação contou com o apoio do Instituto da Segurança Social, da Autoridade de Saúde Pública, do Instituto Nacional Médico-Legal, do Destacamento de Intervenção e da Secção de Informações e Investigação Criminal de Castelo Branco e da Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário da Covilhã. Os detidos estão, neste momento, a ser presentes a primeiro interrogatório judicial no Tribunal da Comarca da Covilhã.

 

 

Sobre o autor

Luís Martins

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Ainda sem votos)
Loading...

Deixe comentário