Região

Tapada do Dr. António em vias de classificação como Sítio de Interesse Público

Escrito por Jornal O Interior

A Direção-Geral do Património quer classificar a Tapada do Dr. António, nas Cortes do Meio (Covilhã), local para onde estava prevista a construção de uma barragem na Serra da Estrela e onde estão duas casas de arquitetura modernista.
Publicado recentemente em “Diário da República”, o anúncio de abertura do procedimento refere que a área de classificação inclui o sistema hidráulico e duas casas, no Covão do Teixo. O pedido para a classificação como Sítio de Interesse Público foi requerido por um dos proprietários, Luís Alçada Baptista, para salvaguardar e evitar que a construção da denominada Barragem das Cortes colocasse em causa as casas, cujo interesse e mais-valias históricas são reconhecidas pela Ordem dos Arquitetos e por vários especialistas. Após a classificação, o proprietário – filho do arquiteto Luiz Alçada Baptista e sobrinho do escritor António Alçada Baptista – pretende desenvolver um projeto de visitação ao espaço, para que as pessoas possam conhecer estas casas construídas na década de 1960 e que são um dos raros exemplares da época, em Portugal, inspirados nos ideais do arquiteto Frank Lloyd Wright. O despacho informa os interessados podem «reclamar ou interpor recurso hierárquico do ato que decide a abertura do procedimento, nos termos das condições estabelecidas no Código do Procedimento administrativo, sem prejuízo da possibilidade de impugnação contenciosa».

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta