Região

Câmara de Seia com taxa de execução da receita próxima dos 100 por cento

Escrito por Luís Martins

A Câmara de Seia encerrou as contas de 2018 com uma taxa de execução da receita de 99,33 por cento e com um saldo positivo de 677 mil euros.

Em comunicado divulgado esta segunda-feira, a autarquia liderada pelo socialista Carlos Filipe Camelo refere que a gestão municipal «mostra capacidade financeira e operacional do município».

As contas relativas a 2018, que foram aprovadas por maioria pela Assembleia Municipal, apresentam um saldo positivo de 677.677,92 euros e «um exercício com uma elevada taxa de execução orçamental que reafirma a sustentabilidade e saúde financeira da autarquia, numa conjuntura que embora se caracterize por alguns indicadores de melhoria económica, ainda evidencia dificuldades».

«O relatório de gestão apresenta taxas de execução da receita de 99,33 e de 96,89 por cento da despesa, o que diz muito sobre o rigor entre o orçamentado e o executado», lê-se ainda na nota à imprensa. Em relação às Grandes Opções do Plano, é referido que a execução «atingiu a cifra de 97,18 por cento, com destaque para execuções acima dos 90 por cento nos objetivos relativos ao abastecimento de água, resíduos sólidos e operações da divida autárquica».

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta