Região

Sindicato diz que chumbo da abolição de portagens na A23 e A25 demonstra «desprezo pelo interior»

Escrito por Luís Martins

A União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB) considera que a rejeição das propostas para a abolição das portagens na A23 e na A25 é uma «demonstração do desprezo» pelo interior.

«Esta votação negativa não nos fará esmorecer. Sempre dissemos e reafirmamos que uma proposta de resolução serve de pressão politica sobre o Governo, mas o seu efeito é limitado já que mais não é que uma recomendação ao Governo», adianta, em comunicado, a USCB.

Os sindicalistas sublinham que a votação no Parlamento é «absolutamente irrelevante» e adiantam que não vão recuar «um milímetro» na luta que têm travado pela abolição das portagens nestas duas autoestradas. «Esta votação reforça a importância da ação pública convocada pela Plataforma Pela Reposição das Scut na A23 e na A25 para o próximo dia 16 de fevereiro, pelas 15:30, em Castelo Branco», sustenta a USCB.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta