Região

Recolha de resíduos recicláveis aumenta 6 por cento na Beira Interior

Escrito por Jornal O Interior

A Resiestrela, empresa que trata os resíduos urbanos de 14 municípios da Beira Interior, registou no último ano um aumento de cerca de 6 por cento na recolha seletiva de materiais recicláveis.
Em comunicado, o sistema multimunicipal adianta que, em 2018, recolheu 5.505 toneladas de materiais para reciclagem, mais 299 toneladas relativamente a 2017. «Foram mais 3,2 por cento na fileira de embalagens de vidro, mais 8,3 por cento no papel/cartão e mais 5 por cento nas embalagens de plástico/metal», assinala a empresa sediada no Fundão, que sublinha tratar-se do «maior crescimento» registado nos últimos anos no sistema. A Resiestrela acrescenta que no ano transato colocou mais 300 ecopontos nos diferentes concelhos da região, num investimento de 356 mil euros apoiado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR). Com esta medida foi aumentada em «28 por cento» a disponibilidade de ecopontos na área abrangida pela empresa.
A Resiestrela recorda também que tem a funcionar o serviço de recolha porta a porta nos estabelecimentos comerciais dos municípios da Guarda, Covilhã, Fundão, Belmonte, Penamacor, Sabugal, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Mêda, Pinhel e Manteigas, tendo, em março de 2019, sido alargado aos concelhos de Almeida e Trancoso.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta