Desporto

Vila Cortês do Mondego vence Taça de Honra

Escrito por Jornal O Interior

O Vila Cortês do Mondego venceu, no sábado, a Taça de Honra da AF Guarda cuja final decorreu no estádio municipal de Figueira de Castelo Rodrigo.
A formação do concelho da Guarda, quinta classificada do Distrital da Iª Divisão, derrotou o Aguiar da Beira, terceiro, por 4-1 e garantiu um lugar na Taça de Portugal. Os golos do Vila Cortês foram marcados por Zezito aos 6’, de livre – pouco depois do Aguiar da Beira ter ficado reduzido a dez unidades por expulsão com vermelho direto de um defesa –, André Jesus, que bisou, e Rui Santos. Pela equipa cabicanca marcou Hélder. O jogo foi um dos pontos altos do encerramento da época desportiva da AF Guarda, que realizou em Figueira de Castelo Rodrigo a gala anual e comemorativa dos 79 anos da sua fundação. Durante a manhã houve também um torneio distrital de petizes, atividades realizadas com o apoio do município.
Este ano, além dos troféus para os vencedores dos diferentes campeonatos distritais, a associação presidida por Andrade Poço entregou pela primeira vez prémios individuais e coletivos. Estas distinções atribuídas no futebol e futsal resultaram de uma votação realizada pelos clubes na semana anterior, enquanto os premiados da arbitragem foram eleitos pelo Conselho de Arbitragem da associação. Por último, as categorias de “fair-play” tiveram em conta o número de cartões ao longo da época.
Assim, a personalidade do ano é Ana Borges (Sporting), João Pedro Abrantes (Figueirense) é o melhor jogador da Iª Divisão, Jorge Cardoso (Figueirense) o melhor treinador e Jorge Morgado (Aguiar da Beira) o melhor dirigente do ano. O melhor atleta do Distrital da IIª Divisão é Pedro Rodrigues (Vila Franca das Naves), João Cabral (Pinhelenses) recebeu o troféu do melhor jogador jovem e Fábio Costa foi considerado o árbitro do ano de futebol. No futsal, Tiago Torres (Lameirinhas) foi eleito o melhor treinador e Paulo Camurça, também do clube da Guarda, o melhor dirigente. Joana Maia (Guarda 2000) é a melhor jogadora sénior de futsal, Cláudio Póvoas (Sp. Sabugal) o melhor jogador e João Carvalho (Manteigas) o melhor jovem. O árbitro de futsal do ano é André Fonseca.
Os prémios “fair-play” no futsal foram atribuídos aos infantis do CF Sabugal e do NDS, bem como às Lameirinhas (seniores masculinos) e Penaverdense (seniores femininos). O Soito conquistou o galardão da equipa “fair-play”. Também os campeões distritais foram distinguidos. No futsal os troféus foram entregues ao Manteigas (infantis), ED Carlos Franco (iniciados), CF Sabugal (juvenis e juniores), Guarda 2000 (seniores femininos) e Sameiro (seniores masculinos). No futebol de onze venceram o Gaudella ED Gouveia (infantis), Guarda Unida FC (iniciados), Sp. Vilar Formoso (juvenis), Gouveia (juniores), Vila Franca das Naves (IIª Divisão) e Figueirense (Iª Divisão).

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta