Sociedade

Maria do Carmo Borges homenageada pelos Bombeiros de Vila Franca das Naves

Liga dos Bombeiros Portugueses distinguiu antiga governadora civil da Guarda com o Crachá de Mérito e Cidadania

  Oito anos depois de inaugurado o novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca das Naves, a Associação Humanitária, do concelho de Trancoso, outorgou à antiga governadora civil da Guarda o Crachá de Mérito e Cidadania, a terceira distinção mais importante da Liga de Bombeiros Portugueses.

Em cerimónia ocorrida este sábado, 18 de maio, no quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca das Naves, Maria do Carmo Borges, que foi Governadora Civil do distrito da Guarda, mas também, nomeadamente, deputada à Assembleia da República e presidente da Câmara Municipal da Guarda, recebeu uma das mais importantes distinções dos bombeiros portugueses pelo «papel preponderante» que teve na construção do novo quartel dos voluntários daquela vila. Antes, porém, a Associação Humanitária promoveu alguns dos seus integrantes e nove fizeram “juramento de bandeira”. A corporação tem atualmente cerca de 70 operacionais e presta serviço à população das freguesias entre Trancoso e Pinhel.

Como afirmou António Santos, comandante da corporação de Vila franca das Naves, «mostramos assim a nossa gratidão» a quem «muito» nos ajudou a resolver um problema. António Santos recordou que «antes habitávamos num barracão» e, virando-se para Maria do Carmo Borges, acrescentou que «a vossa ajuda foi determinante». Já o presidente da Federeação Distrital de Bombeiros do distrito da Guarda, Paulo Amaral, que, em representação do presidente da Liga Potuguesa de Bombeiros, entregou o Crachá à homenageada e considerou a «homenagem de elementar justiça». Para Paulo Amaral «bem andaram» os Bombeiros de Vila Franca das Naves ao prestarem esta homenagem «a uma das grandes figuras da região».  Outro dos presentes, Álvaro Guerreiro, presidente da Assembleia Geral da Federação distrital, e que sucedeu a Maria do Carmo Borges, na presidência da Câmara da Guarda e dedicou grande parte da vida aos bombeiros, mostrou o «grande afeto» pela homenageada, sintetizando que «não é a Maria do Carmo que merece esta medalha, é esta medalha que merece a Maria do Carmo».

O Presidente da Câmara de Trancoso congratulou-se «por estar aqui hoje tanta gente» que gosta dos bombeiros. Amílcar Salvador acrescentou ainda que «é uma distinção» assistir a «esta gratidão para com os bombeiros e para com Maria do Borges». A homenageada, Maria do Carmo Borges, agradeceu e destacou «as palavras amigas e de gratidão», acrescentando que «eu fiz o que devia fazer porque os bombeiros ajudam toda a gente» e devem ter boas instalações.

Presentes nesta cerimónia estiveram também outras personalidades, como os deputados Santinho Pacheco (PS) e Ângela Guerra (PSD) e o Comandante Operacional Distrital, António Fonseca. A Associação Humanitária distinguiu ainda os sócios José Santiago (benemérito), João Ferreira e Joaquim Caetano (honorários), além de ter “batizado” as novas viaturas recebidas.

 

Sobre o autor

Luís Baptista-Martins

Deixar uma resposta