Sociedade

Inovação têxtil da UBI premiada em feira alemã

Escrito por Sofia Craveiro

Um novo casaco “smart and safe”, pensado para ser utilizado por técnicos de manutenção das antenas de rádio base, foi premiado na Techtextil, feirã alemã de têxteis, a decorrer de 14 a 17 de maio em Frankfurt. O E.caption 2.0, desenvolvido pela investigadora da UBI Caroline Loss, com a colaboração do Instituto de Telecomunicações de Aveiro, recebeu o Techtextil Innovation Award na categoria Nova Aplicação. Este é um casaco «demonstrador do conceito de recolha de energia eletromagnética através de antenas têxteis.», segundo a Universidade da Beira Interior.

A peça serve como um Equipamento de Proteção Individual (EPI), tendo sido desenvolvido para alertar o técnico que faz a manutenção das torres de telecomunicações, sobre a exposição ao nível de radiação, através de uma luz LED que acende se a radiação electromagnética captada estiver acima dos níveis permitidos por lei.

Caroline Loss, bolseira de doutoramento em Engenharia Têxtil na UBI e responsável pelo desenvolvimento do projeto, explicou ao Jornal Têxtil que «Quando é preciso fazer reparações nestas antenas, o corrente é deitar abaixo o sinal para proteger os técnicos, mas isso deixará de ser necessário com o uso do E-caption 2.0, uma vez que este casaco tem uma camada de condutores que bloqueiam as radiações», explica a investigadora.

A UBI foi uma das três organizações portuguesas premiadas neste certame da área têxtil, além da Penedo/Sedacor e Tintex, num total de sete  Techtextil Innovations Awards atribuídos. Dos quatro prémios restantes, três foram arrecadados por instituições alemãs e um por um consórcio belga-germano-dinamarquês.

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta