Região

Sistema vai medir impacto económico e social das atividades nas Aldeias Históricas

Escrito por Jornal O Interior

As Aldeias Históricas de Portugal (AHP) criaram o PlowDeR, um projeto pioneiro para medir o impacto económico e social das atividades geradoras de riqueza nos territórios de baixa densidade.
A iniciativa, financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), foi desenvolvida pela AHP, a Universidade de Aveiro, o Instituto Politécnico da Guarda e o Turismo Centro de Portugal e será apresentada na próxima quarta-feira durante um seminário a realizar em Linhares da Beira (Celorico da Beira). A associação refere em comunicado que, no âmbito do projeto PlowDeR – Análise do Impacto Económico e Social das Atividades Turísticas nos Territórios de Baixa Densidade: o Caso das Aldeias Históricas de Portugal, foi criado «um sistema de monitorização que vai permitir medir o impacto económico e social das atividades geradoras de riqueza nos territórios de baixa densidade». A ferramenta permitirá dar resposta «às lacunas na recolha de informação estatística nos territórios de baixa densidade e sobretudo nas Aldeias Históricas – em especial à falta de dados qualitativos».
O projeto-piloto, realizado a partir de setembro de 2017, no território das 12 Aldeias Históricas focou-se «na definição de um conjunto de indicadores que sirvam de base a uma matriz de referência, que seja capaz de avaliar com precisão o impacto económico e social das atividades turísticas». A associação sediada em Belmonte espera apresentar «dentro de um ano» os primeiros dados recolhidos com deste novo sistema.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixe comentário