Economia

O renascimento do Toyota Corolla

Escrito por Jornal O Interior

Acabadinho de chegar ao mercado português, o novo Toyota Corolla é a 12ª geração do carro mais vendido no mundo e apresenta-se com nova plataforma, novas motorizações, novo habitáculo e, como não poderia deixar de ser, novo design.
O INTERIOR conduziu o Corolla SD 1.8 Hybrid Exclusive, com uma motorização à altura das solicitações e das exigências dos mais poupados em termos de consumo. Tudo isso graças a um motor a gasolina de 1.8 litros, de quatro cilindros e com dupla injeção (direta e indireta), mas a debitar, em conjunto com o motor elétrico, uma potência máxima de 122 cv e um binário de 142 Nm a partir das 3.600 rpm. Neste modelo a bateria é de de hidretos metálicos de níquel no sedan de 4 portas. As médias de consumo e a redução de emissões poluentes são os grandes objetivos deste híbrido, com o modelo testado por O INTERIOR a ficar-se pelos 4,9 litros aos cem (102 g/km de CO2).
Conforto e comodidade são outros elementos identitários do novo Corolla, sobretudo em termos de insonorização, mas também da qualidade dos materiais e da construção. No painel de instrumentos há três visualizações configuráveis, entre um mais convencional e outro mais tridimensional. Ao lado destaque também para um ecrã tátil com navegação e funcionalidades de conectividade reforçadas. O Corolla SD 1.8 Hybrid Exclusive vem bem equipado de série, tanto nas funcionalidades de comodidade, como nas de tecnologia e de assistência à condução, nomeadamente com a evolução do Toyota Safety Sense. Neste domínio sobressai o sistema de pré-colisão aperfeiçoado, com travagem autónoma de emergência, que agora deteta veículos a velocidades entre os 10 km/h e ao 180 km/h. O sistema também passa a detetar peões tanto de dia como de noite e ciclistas apenas de dia, funcionando a velocidades entre os 10 e os 80 km/h.
O preço do carro conduzido por O INTERIOR é de 31.515 euros, mas a gama de entrada está disponível a partir de 29.055 euros no concessionário Soviauto 2000, na Guarda.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta