Política

Assunção Cristas preocupada com falta de médicos e enfermeiros na ULS da Guarda

Escrito por Luís Martins

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, reuniu esta segunda-feira com a administração da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda e mostrou-se preocupada com «a exiguidade» de médicos e de enfermeiros no Hospital Sousa Martins. 

A centrista disse-se também preocupada com o «subfinanciamento crónico» da ULS, tendo ainda registado as «preocupações» dos seus responsáveis  quanto à necessidade da requalificação do denominado Pavilhão 5 para acolher a unidade manterno-infantil. Em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao hospital, Assunção Cristas defendeu a necessidade de implementação de medidas como as que o CDS-PP apresentou, como «um verdadeiro estatuto de benefício fiscal para o interior com uma taxa de 50 por cento a menos no IRS e outros benefícios nomeadamente nos transportes».

A dirigente seguiu depois para a Covilhã, onde vai participar na palestra “Por onde anda a fé – a fé no Parlamento”, a realizar na UBI a partir das 20h30. Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta

1 comentário

  • Registe-se a chegada de uma extra-terrestre à Guarda, que descobriu aquilo que ninguém sabia desde há muitos anos, incluindo o Governo do Sr. Passos Coelho, que teve um dos piores ministros da Saúde desde há 40 anos.