Sociedade

Nova sede da Federação de Bombeiros da Guarda acolhe espólio de Madeira Grilo

Escrito por Luís Martins

A nova sede da Federação de Bombeiros do Distrito da Guarda acolhe o espólio de Manuel Madeira Grilo, histórico dirigente dos voluntários falecido em setembro de 2014. O espaço foi inaugurado esta sexta-feira na Rua D. Dinis, no centro histórico da Guarda.

Paulo Amaral, presidente da Federação, disse que a abertura da sede é um «momento histórico após 40 anos de espera» e agradeceu o empenho do município, que cedeu o espaço. «O centro histórico da Guarda precisa ser revitalizado com cada vez mais instituições e pessoas para que esta zona da cidade seja mais atrativa e dinâmica», afirmou o presidente do município. Carlos Chaves Monteiro reconheceu que os bombeiros têm que ser apoiados. 

Álvaro Guerreiro, presidente da Assembleia Geral da Federação, recordou Madeira Grilo, também evocado por Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, para quem era «um grande dirigente nacional e internacional, cujo grande enfoque sempre foram os voluntários, os homens e mulheres que andam no terreno. Que todos saibamos personificar esse legado pelo valor dos bombeiros».

A Federação aproveitou a cerimónia para distinguir Álvaro Amaro, ex-presidente da Câmara da Guarda, a família de Manuel Madeira Grilo, Jaime Marta Soares e Carlos Chaves Monteiro. O antigo autarca guardense recebeu ainda das mãos do presidente da Liga o colar de mérito e cidadania, a terceira maior condecoração da instituição. 

O espólio de Madeira Grilo está patente no rés-do-chão da sede e poderá ser visitado pelo público em horário de expediente. Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR. 

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta