Política

Rangel acusa Costa de admitir cortes nos fundos comunitários

Escrito por Jornal O Interior

Paulo Rangel veio à Guarda acusar António Costa de admitir cortes nos fundos europeus «por oportunismo eleitoral».
Numa intervenção no jantar-comício realizado na sexta-feira, quase à mesma hora em que o secretário-geral do PS discursava na Covilhã, o candidato do PSD às europeias aproveitou as declarações do líder socialista nessa tarde, em Coimbra, onde afirmou que se baterá «até ao último dia» para melhorar a proposta de fundos comunitários para Portugal. «Hoje mesmo, o primeiro-ministro veio desmentir e desautorizar o candidato ao lado do qual figura nos cartazes, Pedro Marques: veio reconhecer que nos fundos de coesão há cortes e até prometeu lutar contra esses cortes. Há cortes ou não há cortes? O PS tem de se decidir», declarou Paulo Rangel. Para o eurodeputado, «isto é oportunismo eleitoral» e «um atestado de menoridade passado ao seu candidato», que disse ter passado toda a campanha a acusar os sociais-democratas de «falsidades» a propósito dos fundos europeus.
Paulo Rangel chamou ainda a atenção para uma prioridade do PSD, o combate à evasão fiscal e à corrupção, adiantando que há estimativas que apontam que a perda de receitas a nível comunitário com estas práticas «ronda um bilião de euros, sete orçamentos anuais da União Europeia». «Não podemos tolerar a ideia de que há esquemas de tentar retirar recursos públicos para enriquecimentos privados ilícitos e inaceitáveis», disse. Por sua vez, Álvaro Amaro, presidente da Câmara da Guarda com mandato suspenso e quinto elemento da lista do PSD, considerou que «muita coisa pode mudar na última semana da campanha», garantido que a Guarda será «o seu farol» no Parlamento Europeu. Ao final da tarde, a ruidosa e numerosa comitiva laranja fez uma arruada pelo centro da cidade, onde havia pouca gente, e terminou com uma foto final na escadaria da Sé. A ação tinha sido antecedida de uma visita à maternidade do Hospital Sousa Martins, numa jornada dedicada aos problemas do interior, como a desertificação.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta