Cultura

Concerto de Peter Hook no TMG quase esgotado

Escrito por Jornal O Interior

O ano só agora começou, mas já há um concerto da nova programação no Teatro Municipal da Guarda (TMG) praticamente esgotado. Trata-se do espetáculo de Peter Hook, baixista dos míticos Joy Division e New Order, agendado para 13 de abril.
A mais de quatro meses de distância só restam 46 dos mais de 600 lugares do grande auditório para uma das poucas apresentações do músico britânico em Portugal. Peter Hook, hoje com 62 anos, é considerado um dos músicos centrais na estética e composição musical dos Joy Division e dos New Order, com um estilo de tocar baixo muito original e distintivo (o chamado “kooky style”). Em 2010, o músico formou os The Light e com esta banda tem corrido mundo a tocar o seminal repertório daqueles grupos icónicos da música independente britânica. O concerto na Guarda intitula-se. Os Joy Division são a mais importante e influente banda pós-punk da história. Entre 1976 e 1980, a banda de Ian Curtis revolucionou o rock com apenas dois álbuns: “Unknown Pleasures” (1979) e “Closer” (1980). Estes discos e alguns singles, como o imortal “Love will tear us apart”, bastaram para solidificar um percurso musical criativo e original, e após o suicídio do carismático Ian Curtis, os Joy Division depressa se transformaram num mito e numa das grandes bandas de culto das últimas décadas. Depois da morte prematura do vocalista e letrista Ian Curtis, os restantes membros originais formaram os não menos influentes New Order, com uma direção musical diferente e mais ligada à pop eletrónica, abrindo novas portas estéticas no seio deste género musical.

Sobre o autor

Jornal O Interior

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Ainda sem votos)
Loading...

Deixe comentário