SIAC

A quarta edição do Simpósio Internacional de Arte Contemporânea regressa à Guarda e decorrerá entre 2 a 16 de junho. Além das localizações habituais, o evento possui este ano um novo chamariz: o Cineteatro da Guarda que, estando fechado há mais de 30 anos foi reabilitado para acolher atividades do simpósio. Além do contributo cultural que o encontro dá à cidade desde 2016, este ano foi pretexto para iniciar a recuperação de um dos ex-libris da Guarda que, se não for novamente deixado ao abandono, poderá vir a ser palco de várias outras iniciativas no futuro.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta