Economia

Unanimidade na Assembleia Municipal da Guarda em defesa da Dura Automotive

Escrito por Luís Martins

A Assembleia Municipal (AM) da Guarda aprovou esta quinta-feira, por unanimidade, uma moção em que apela ao Governo para desenvolver «todos os esforços» para que seja encontrada «uma solução de continuidade» para a fábrica da Dura Automotive de Vila Cortês do Mondego.

Apresentado por Rui Ribeiro (PS), o documento manifesta «preocupação com as notícias que dão como possível e/ou previsível uma redução de atividade de tal ordem que a fábrica teria a sua existência colocada em causa», o que «teria um impacto dramático não só na freguesia de Vila Cortês do Mondego, mas em todas as freguesias limítrofes».

O grupo parlamentar socialista na AM adianta que tem acompanhado o assunto junto do gabinete do ministro da Economia e que tem havido reuniões entre as Secretarias de Estado da Economia e da Internacionalização e a administração da multinacional norte-americana para se encontrar «uma solução que permita prolongar por mais algum tempo a laboração naquela unidade industrial».

No entanto, face à «enorme preocupação» com o cenário de redução da laboração e da paragem da fábrica, a AM guardense deliberou «instar o Ministério da Economia, a Secretaria de Estado da Economia e a Secretaria de Estado da Internacionalização, bem como os organismos públicos por si tutelados com competências na dinamização empresarial, a desenvolver todos os esforços na busca de uma solução de continuidade para a fábrica».

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta