Sociedade

Detido suspeito de incendiar automóvel na Guarda por vingança

Escrito por Luís Martins

Um homem de 57 anos, reformado, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de ter provocado um incêndio numa viatura automóvel por «sentimentos de vingança contra ex-familiares» no concelho da Guarda.

Segundo o Departamento de Investigação Criminal da Guarda, após ter recebido a comunicação do incêndio no veículo, ocorrido esta quarta-feira, a PJ «desenvolveu diligências de investigação que permitiram identificar, localizar e deter fora de flagrante delito o seu presumível autor». O detido terá agido por «sentimentos de vingança contra ex-familiares e com a utilização de substâncias acelerantes, achas incendiárias e fósforos, terá colocado fogo numa viatura automóvel», refere a Judiciária.

O fogo destruiu por completo o veículo, bem como o telheiro onde se encontrava parqueado, «causando prejuízos de montante consideravelmente elevado», acrescenta a PJ em comunicado. O detido vai ser presente a tribunal com vista à aplicação das adequadas medidas de coação.

Sobre o autor

Luís Martins

1 comentário

  • Adorei toda esta informacao desta cidade que e tb minha e que poucas vezes ou nenhuma citada.
    Obrigado por toda a informacao produzida.continuem assim que eu gosto.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 em 5)
Loading...

Deixe comentário