Sociedade

Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica na Guarda

Escrito por Luís Martins

A GNR da Guarda anunciou a detenção de um homem de 63 anos por violência doméstica e que ficou sujeito a pulseira eletrónica.

Segundo o Comando Territorial, o suspeito foi detido na quarta-feira, numa localidade do concelho da Guarda, por elementos do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas após uma investigação que durava há duas semanas.

«Os militares apuraram que o suspeito, sempre no interior da sua residência, exercia violência física, psicológica e ameaças sobre a sua esposa, de 66 anos, tendo, na sequência das diligências, sido cumprido um mandado de detenção», refere a GNR em comunicado.

O detido foi presente a tribunal e ficou sujeito às medidas de coação de proibição de contactos com a vítima e de se aproximar da mesma a menos de um quilómetro controladas por pulseira eletrónica.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta