Sociedade

Politécnico da Guarda associa-se a marcha de homenagem a estudante cabo-verdiano morto em Bragança

Escrito por Luís Martins

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) anunciou que vai associar-se à marcha solidária marcada para sábado, na cidade, em homenagem ao estudante cabo-verdiano que morreu no dia 31 de dezembro, em Bragança.

Em comunicado, Joaquim Brigas, presidente do IPG, justificou que a instituição se associa à iniciativa «para sensibilizar e chamar a atenção, com alguma veemência, para a necessidade da tolerância e da aceitação da diferença». A marcha terá início pelas 15 horas, partindo junto da Sé Catedral.

Para o responsável, a morte de Giovani Rodrigues, aluno da Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo de Mirandela e residente em Bragança, vítima de agressões em Bragança, «é uma tragédia que atinge e consterna todo o ensino superior português».

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta