Sociedade

AAUBI: Tomada de posse marcada por críticas do novo presidente

Escrito por Sofia Craveiro

A cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da Associação Académica da Universidade da Beira Interior (AAUBI) decorreu esta tarde, na Faculdade de Artes e Letras da UBI, na Covilhã.
Ricardo Nora, o novo presidente desta associação, marcou o ato solene com um «grande discurso», construído de «forma elevada, certeira e objetiva», nas palavras do Presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira. De facto, foram poucos os que discordaram do autarca, que foi parte integrante da audiência que aplaudiu de pé as palavras do novo dirigente académico.

Num discurso marcado por reivindicações e críticas, Ricardo Nora salientou «o orçamento insuficiente» para as atividades desportivas desenvolvidas em meio académico, destacou a necessidade «de mais estudantes serem abrangidos pelas bolsas de ação social» e apontou o dedo à «degradação das estruturas» da universidade. Aqui, o recém-empossado presidente deu especial enfoque ao «degradante estado da internet» da UBI, sendo aplaudido pela grande maioria dos presentes.

António Fidalgo, reitor da universidade covilhanense, não ficou sem responder às críticas e – falando de frente para o novo dirigente estudantil – afirmou que «os interesses da universidade são os mesmos da AAUBI» mas reiterou que «trabalhamos para a mesma causa, mas temos posições muito diferentes».

No seu discurso, e após admitir que cumprir a «lealdade das funções» obriga ambos a um «confronto saudável», António Fidalgo não se coibiu de concordar com os problemas apontados, e afirmou – com a boa disposição que o caracteriza – que «a internet é miserável, é sim senhor!» mas rematou afirmando que «as contas já estão aprovadas e temos 200 mil euros para a nossa wi-fi», arrancando palmas e risos da plateia.

Ricardo Nora foi eleito presidente da AAUBI no passado dia 19 de dezembro. O estudante do mestrado em Engenharia e Gestão Industrial liderou a única lista apresentada, tendo obtido 626 dos 689 votos registados num universo de 7.843 estudantes em condições de votar. Ricardo Nora sucede assim a Afonso Gomes, cuja direção integrou como tesoureiro. Entre os membros que agora integram a associação, destaque para Bruno Campos, que lidera a mesa da Assembleia Geral de Alunos e para Pedro Carvalho, no comando do Conselho Fiscal.

Sofia Craveiro

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta