Região

Governo vai instalar serviços na Guarda e Seia e compromete-se com revitalização da zona de fronteira em Vilar Formoso

Escrito por Luís Martins

A reabilitação e revitalização da zona de fronteira de Vilar Formoso, a instalação do arquivo de registo automóvel na Guarda e o alojamento dos “backups” da rede informática do Governo em Seia trouxeram, esta quinta-feira, o ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, ao distrito da Guarda. 

O governante apadrinhou a assinatura dos respetivos protocolos, em cerimónias realizadas em Almeida e na Guarda, sendo que o primeiro destina-se à elaboração do projeto integrado de intervenção para a reabilitação e revitalização da zona de fronteira de Vilar Formoso. O objetivo é requalificar o parque TIR, criar uma nova área de repouso e serviços e um posto de turismo «nunca visto em Portugal», disse Pedro Siza Vieira.

Em Seia, o Governo pretende instalar um “data center” para acolher a cópia de segurança da rede informática do Governo, enquanto no Arquivo Distrital será levado a cabo o projeto piloto de localização do arquivo de registo automóvel de Lisboa, que envolve o Instituto dos Registos e do Notariado e a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas.

Neste caso, Anabela Pedroso, secretária de Estado da Justiça, adiantou que o objetivo é «estudar soluções de gestão de documentos e de acessibilidade a processos, não é só colocar papéis num determinado local». Para o ministro Adjunto e da Economia, estes são «serviços que implicam a colocação de pessoas altamente qualificadas» na região e são também «exemplos que mostram que no interior existem oportunidades de vida e de trabalho».

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta