Desporto

Rali Dakar: Mário Patrão será o nº 31

Escrito por Jornal O Interior

Mário Patrão é um dos onze portugueses inscritos no Rali Dakar de 2020, que será disputado pela primeira vez na Arábia Saudita, com 75 por cento do percurso em areia.
O motard senense integra a equipa oficial da KTM e esta será a sua sétima participação na principal prova do todo-o-terreno mundial. Na última edição, Mário Patrão foi obrigado a abandonar devido a um acidente na sexta etapa, quando ocupava o 21º lugar da geral das motos e era o melhor português. O 42º Rali Dakar terá 7.856 quilómetros, mais de cinco mil deles ao cronómetro, com 70 por cento em deserto. Mário Patrão terá o número 31. A competição começa a 5 de janeiro em Jeddah, com uma tirada de 752 quilómetros, 319 deles ao cronómetro. No dia 11, os pilotos descansam, depois de enfrentarem já uma etapa super-maratona, em que os motards terão apenas 10 minutos para reparar as suas motos. A maior etapa será disputada a 14 de janeiro, entre Wadi Al-Dawasir e Haradh, com 891 quilómetros. A organização anuncia uma prova menos exigente fisicamente, mas mais difícil em termos de navegação.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta