Cultura

Festival Wool na Covilhã

Escrito por Jornal O Interior

A Covilhã acolhe, a partir de domingo, mais uma edição do Festival Wool dedicado à arte urbana.
Até dia 10 de junho, o mais antigo festival dedicado a esta arte em Portugal tem como protagonistas «alguns dos mais influentes artistas a nível mundial e nacional», segundo a organização. Está confirmada a participação de Sebas Velasco (Espanha), Douglas Pereira (Brasil), dos Bicicleta Sem Freio, e Kruella D’Enfer e Mário Belém, ambos portugueses. Inspirando-se nos elementos «sociais, culturais, naturais e/ ou arquitetónicos» da região, estes artistas vão produzir murais na zona histórica da “cidade neve”, cuja execução poderá ser acompanhada diariamente pelo público. O festival conta ainda com a exposição comunitária “Intemporal – Olhares Sobre o Wool”, com fotografias dos murais já realizados enviadas pelos espetadores e apreciadores desta arte.
Posteriormente, estas imagens serão vendidas a um euro cada, valor simbólico que irá reverter para a futura ação de reflorestação organizada pela associação “Guardiões da Serra da Estrela”. Um workshop de colagem criativa, orientado por Margarida Girão, uma visita encenada ao roteiro do festival pela atriz Joana Poejo, sessões de filmes e documentários e um concerto de Tó Trips (Dead Combo) & João Doce nas Escadinhas do Castelo são outras das atividades programadas. Reconhecido com o selo de qualidade EFFE – Europe for Festivals, Festivals for Europe, da Associação Europeia de Festivais, o Wool é financiado pela Câmara da Covilhã e ADC – Águas da Covilhã, sendo patrocinada pelas tintas CIN e o Sport Hotel Gym & Spa.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta