Sociedade

Guarda volta a ser “Cidade Natal” a partir de 1 de dezembro

Escrito por Luís Martins

A Guarda volta a ser “Cidade Natal” em dezembro, numa iniciativa organizada pelo município para proporcionar um «ambiente mágico e natalício» aos visitantes da cidade mais alta nesta quadra natalícia.

As portas da “Cidade Natal” abrem-se no dia 1, às 17 horas, na Praça Luís de Camões, junto da Sé Catedral, palco central desta animação natalícia. Este ano haverá uma árvore de Natal de 12 metros, uma pista de gelo, a casa do Pai Natal, um carrossel parisiense, um banco gigante (‘photo point’), uma mini roda, uma estação e comboio e o Mercadinho de Natal.

A abertura do evento fica marcada pela chegada do Pai Natal, «no seu trenó puxado por quatro renas mascotes e acompanhado pela Mãe Natal. A “Cidade Natal” estará em funcionamento até dia 25 de dezembro, entre as 10:00 e as 20:00. Paralelamente, decorrem iniciativas como o Concurso de Montras de Natal, o Madeiro de Natal (no dia de consoada), exposições de presépios nas igrejas e capelas da freguesia da Guarda, de vitrais no Jardim Frei Pedro e de árvores de Natal no Centro Coordenador de Transportes, no Mercado Municipal e na Estação da CP.

A animação natalícia inclui ainda a instalação da Casa do Duende (Jardim José de Lemos), a feira social “Aconchego de Natal” e a realização das iniciativas “Cantalícios” (que leva músicas de Natal a várias aldeias do concelho) e Postais de Natal (que coloca escolas e instituições da rede social do concelho a trocar mensagens natalícias). No próximo mês estão também programados concertos dos “Stella Vitae” (14 de dezembro), “A Cumpagnia – Cantos Polifónicos da Córsega” (dia 20) e do Orfeão do Centro Cultural da Guarda (22).

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta