Sociedade

19 anos a informar

Escrito por Jornal O Interior

A ideia de criar O INTERIOR nasceu no verão de 1999. Luís Baptista-Martins e José Luís de Almeida concluíram que era necessário criar um novo jornal semanal no distrito da Guarda, partindo de premissas como a abrangência, o pluralismo de opinião, a intervenção cívica em defesa do desenvolvimento regional, a qualidade de conteúdos ou a capacidade de informar e integrar nos dois lados de uma mesma linha: a Guarda e a Covilhã.
A ideia desenvolveu-se e o jornal foi fundado em janeiro de 2000, na Guarda, com a primeira edição a chegar às bancas no dia 14 desse mês. Em simultâneo, surgia também o jornal online www.ointerior.pt, tendo O INTERIOR sido o primeiro jornal em Portugal a nascer com dois suportes concomitantes no mesmo momento: papel e digital.
Em 2001, O INTERIOR foi distinguido com o “Prémio Gazeta de Imprensa Regional” outorgado pelo Clube de Jornalistas. Em 2003, o jornal foi escolhido pelo prestigiado semanário “Expresso”, como parceiro na Beira Interior, para integrar a “Rede Expresso”, de que fazem parte jornais regionais de todos os distritos do país.
Com o objetivo de crescer como jornal regional, O INTERIOR abriu, em junho de 2005, uma segunda redação na cidade da Covilhã. Com esta aposta, o jornal procurou ganhar espaço de intervenção no distrito de Castelo Branco. Posteriormente, e durante quase um ano, produziu dois jornais diferentes: a edição Guarda e a edição Covilhã. Porém, os elevados custos inerentes à produção de dois jornais, e a dificuldade de atrair novos clientes de publicidade, determinaram o regresso à edição de um só jornal para toda a região.
Em maio de 2006 nasceu uma parceria com a AENEBEIRA – Associação Empresarial do Nordeste da Beira, sediada em Trancoso, para lançar uma nova publicação económica regional como suplemento de O INTERIOR: o “Jornal das Empresas”, distribuído mensalmente com O INTERIOR a partir de junho do mesmo ano, com informação geral sobre economia e empresas da região e ainda informação útil aos empresários. Também nesse ano teve início a colaboração com a Escola Secundária Afonso de Albuquerque, a maior escola do distrito, para a produção e distribuição do “Expressão”, numa parceria que durou seis anos.
Entretanto, o jornal O INTERIOR realizou todo um conjunto de atividades, que vão muito para além do seu objeto, de relevância cívica e cultural, que contribuíram para a afirmação deste título. Entre outras, destaca-se a organização da “Festa do Livro” – evento que incluiu a feira do livro da Guarda e outras atividades culturais e de animação cultural – tendo sido organizada a primeira edição em julho de 2002, na Rua do Comércio (Guarda). Mas também a organização de debates públicos, conferências ou colóquios contribuíram para dar dimensão a este projeto.
Em 2009, nasceu um novo complemento ao jornal: a ointerior.tv, um projeto de web televisão de informação regional, que veio acrescentar mais um suporte ao papel e ao online. E em 2013 mudamos o formato da edição em papel.
Em novembro de 2018, O INTERIOR deu outro passo em frente ao modernizar a sua presença na Internet, que é atualmente um dos sites informativos mais vistos na região. Hoje, enquanto evocamos os 19 anos de notícias, iniciamos uma nova etapa, com um novo formato e uma renovada a ambição de continuar a contribuir para uma sociedade mais informada.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixe comentário