Cultura

Timor e Açores em destaque nos Colóquios da Lusofonia em Belmonte

Escrito por Jornal O Interior

A 31º edição do evento cultural que junta sessões científicas, recitais, poesia, exposições e concertos começa na sexta-feira e prolonga-se até segunda-feira.
A iniciativa, que comemora nesta edição os 20 anos do referendo que deu a independência a Timor-Leste, é organizada pela Associação Internacional dos Colóquios da Lusofonia (AICL), com o patrocínio da Empresa Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social de Belmonte (EMPDS) e vai contar com 80 participantes. Entre eles estarão Ximenes Belo e Ramos Horta, ambos vencedores do Prémio Nobel da Paz em 1996. Este ano o autor homenageado é Eduíno de Jesus, decano dos escritores açorianos. Estarão também presentes o aclamado escritor timorense Luís Cardoso de Noronha e o médico José Bárbara Branco, que, em conjunto com Rui Brito da Fonseca, irá abordar a questão do património arquitetónico de origem portuguesa presente em Timor.
Na música, a cantora timorense Piki Pereira será acompanhada de Mintó Deus e Alfredo Azinheira, vencedor do prémio da Canção em 1989 com o grupo Nevada. Presente estará também a maestrina e pianista Ana Paula Andrade, bem como dez autores açorianos contemporâneos. O programa do evento inclui ainda sessões sobre judaísmo, a assinatura de convénios entre a Sinagoga, o Museu de Ponta Delgada e o Museu Judaico de Belmonte, além de exposições, recitais, palestras e sessões gratuitas.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixe comentário