Cultura

Prémio Eduardo Lourenço para um «açoriano iberista»

Escrito por Jornal O Interior

O «açoriano iberista» Carlos Reis recebeu o 15º Prémio Eduardo Lourenço na Guarda, na sexta-feira.
O professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra disse-se «muito orgulhoso» por receber um galardão com o nome do pensador e filósofo com quem aprendeu «a ética do pensar, aliada à constante obrigação de interrogar, de mais querer saber e de levar o entendimento das coisas, das pessoas e do mundo ao limite permitido pelas nossas forças e aptidões por escassas que sejam». O galardão, no valor de 7.500 euros, atribuído pelo CEI. O elogio ao premiado foi feito por José Augusto Cardoso Bernardes, professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta