Região

Casa da Vivência Judaica projetada no centro histórico de Gouveia

Escrito por Jornal O Interior

O município de Gouveia anunciou que vai reabilitar um edifício do centro histórico, conhecido como a Casa do Passadiço, para acolher a Casa da Vivência Judaica e atrair turistas.
De acordo com a autarquia, o imóvel situado no “coração” da antiga judiaria da “cidade-jardim” será alvo, numa primeira fase, de escavações arqueológicas com o objetivo de para explorar o potencial histórico do edifício e da zona urbana envolvente. Posteriormente serão realizadas as obras de adaptação destinadas à criação do espaço museológico Casa da Vivência Judaica. O projecto inclui a criação de três salas, sendo que a primeira estará relacionada com três itinerários distintos: um em Gouveia, dedicado à judiaria medieval, outro na freguesia de Melo, relacionado com o tema da Inquisição e um último na aldeia de Folgosinho, dedicado à temática do criptojudaísmo. Em Gouveia foi construída a última sinagoga da Península Ibérica antes do édito de conversão obrigatória de D. Manuel, em 1496, recorda o município.
A segunda sala apresentará os processos da Inquisição em Gouveia e a terceira, denominada “sala de fogo”, proporcionará «uma experiência sensorial para contar a história da morte de três cristãos-novos naturais de Gouveia, falsamente acusados da destruição de uma imagem sagrada».

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta