Desporto

Sp. Covilhã entra no “top ten” da IIª Liga

Escrito por Jornal O Interior

Serranos derrotaram o Benfica B por 2-0 e continuam a recuperar os pontos perdidos na primeira fase do campeonato, quando acumularam derrotas

A senda vitoriosa do Sp. Covilhã prossegue na IIª Liga e a equipa está a recuperar os pontos perdidos na primeira fase do campeonato, ocupando agora o nono lugar da classificação com 31 pontos. No domingo a “vítima” dos serranos, que não perdem há oito jogos, foi o Benfica B, que saiu derrotado por 2-0 do Santos Pinto em jogo da 24ª jornada.
Os locais entraram pressionantes e foram a única equipa a criar perigo durante a primeira metade, perante uns encarnados a jogar sem intensidade, com dificuldade em sair a jogar e em fazer a articulação entre setores. A primeira ocasião de perigo dos covilhanenses surgiu num cabeceamento de Kukula, após canto batido por Adriano, que fez a bola rasar a barra da baliza das águias. Pouco depois Adriano, em zona frontal, cobrou um livre e Kukula voltou a assustar, de cabeça, mas Zlobin defendeu com os punhos. Na outra contrária, Nuno Santos tentou a sorte de livre para defesa segura de Vítor São Bento, mas o Covilhã continuou a explorar as alas e abriu o ativo aos 21’. Tiago Moreira jogou com Kukula e o cabo-verdiano combinou com Diego Medeiros que, na área, rematou cruzado certeiro.
Aos 35’, o benfiquista Nuno Santos atirou novamente à baliza, mas frouxo, enquanto Kukula também podia marcar antes do descanso. No segundo tempo, o Benfica entrou mais ofensivo e acertado, pelo que repartiu com os anfitriões as jogas de perigo. Contudo, foi o Covilhã que aumentou a vantagem aos 70’. Deivison ganhou a bola, soltou para Tiago Moreira, que progrediu no terreno, não se deixou perturbar pelos dois defesas que tinha pela frente e fez um “chapéu” de belo efeito a Zlobin. Pouco depois foi Gilberto que teve nos pés uma boa ocasião para dilatar o marcador, mas não conseguiu ultrapassar o guarda-redes russo do Benfica. Os visitantes não baixaram os braços, só que as investidas foram sempre travados por uma defesa bem organizada dos locais. Já nos descontos o guardião serrano impediu o golo de honra dos benfiquistas, numa jogada de Pedro Henrique.
Este domingo, o conjunto orientado por Filó joga com a Oliveirense em Oliveira de Azeméis, 12º classificado. Campeonato à parte, José Mendes recandidata-se a um sexto mandato na presidência do Sp. Covilhã. No cargo há 15 anos, o dirigente é candidato único nas eleições desta quinta-feira. O empresário Luís Veiga concorre novamente à presidência da Assembleia-Geral.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixe comentário