Desporto

Sp. Covilhã derrota Académica em Coimbra

Escrito por Jornal O Interior

Superioridade serrana castigou “briosa” sem garra e que não perdia em casa desde 17 de dezembro

O Sp. Covilhã derrotou a Académica por 2-0, em Coimbra, no domingo em jogo da 33ª e penúltima jornada da IIª Liga. Os comandados de Filó não perdem há cinco jornadas e estão a protagonizar uma excelente reta final de campeonato, ocupando a sexta posição com 48 pontos.
Os “estudantes” não perdiam no Estádio Cidade de Coimbra desde 17 de dezembro, data da derrota por 1-0 com o Famalicão, promovido com o Paços de Ferreira ao primeiro escalão do futebol. Gorado o objetivo de subida à Iª Liga, a “briosa” apresentou-se sem garra e com os visitantes a dominarem o jogo a seu bel prazer. Não foi por isso de estranhar que o Covilhã tenha inaugurado o marcador aos 34’. Kukula isolou-se e, perante a saída do guarda-redes Júlio Neiva, ofereceu o golo a Mica, que se limitou a encostar a bola para dentro da baliza. Quatro minutos mais tarde, Gilberto também escapou à defesa local e podia ter dilatado a vantagem, mas rematou rasteiro à saída do guardião academista e a bola saiu, caprichosamente, a rasar o poste.
Os serranos dominavam o encontro, perante um adversário incapaz de criar oportunidades para empatar, e marcaram o segundo golo em cima do intervalo, por Kukula, o melhor marcador da equipa com onze golos, que voltou a surgir isolado na área da Académica. Na segunda parte o guarda-redes Júlio Neiva, que se estreou no campeonato, esteve em grande destaque ao evitar que os locais sofressem mais golos, com duas boas defesas, aos 53’ e 89’. Bastante desconcentrada, a “briosa” raramente incomodou o último reduto dos covilhanenses, que, por sua vez, criaram sempre bastante perigo na área dos “estudantes”. Além da vitória, destaque também para este ter sido o 300º jogo de Gilberto com a camisola do Sp. Covilhã, o que faz do médio o jogador mais utilizado de sempre do emblema serrano. O vimaranense de 32 anos está há sete épocas na Covilhã e tem mais um ano de vínculo com o clube.
No domingo, o Sp. Covilhã recebe o Mafra no Santos Pinto. O 13º classificado continua sob a ameaça da despromoção e precisa de pontuar para se livrar da descida ao Campeonato de Portugal.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta