Sociedade

ULS Guarda com “Excelência Clínica” reconhecida

Escrito por Jornal O Interior

O Hospital de Sousa Martins, da ULS da Guarda possui nove áreas de “Excelência Clínica”, de acordo com a avaliação divulgada no dia 16 de janeiro pela Entidade Reguladora da Saúde (ERS). Num total de 16 áreas avaliadas, o hospital guardense viu reconhecidas as vertentes de Cardiologia, Cirurgia de Ambulatório, Ginecologia, Neurologia, Obstetrícia, Ortopedia e Pediatria. Este facto resultou na atribuição do símbolo da estrela, que garante «cumpre com todos os parâmetros de qualidade exigidos» nas referidas áreas. A Unidade Local de Saúde viu ainda reconhecidas as vertentes de “Segurança do Doente”, “Adequação e Conforto das Instalações” e “Satisfação do Utente” em ambos os hospitais, além da garantia de excelência cliníca na área de Cirurgia de Ambulatório no Hospital de Nossa Senhora da Assunção, em Seia
A avaliação da Entidade Reguladora da Saúde de 2019, que foi divulgada na semana passada, incide sobre internamentos entre julho de 2017 e julho de 2018, refletindo o desempenho anual dos hospitais em várias áreas. Foi avaliado um universo de 158 hospitais públicos, privados e do setor social. Das 121 unidades que efetivamente obtiveram classificação na área dimensão da excelência clínica, 102 (84%) conseguiram a atribuição da estrela correspondente ao primeiro nível de classificação (caso da ULS guardense), ficando assegurado que cumprem os critérios para a prestação de cuidados de saúde de qualidade.
A avaliação e classificação no âmbito do projeto SINAS, da Entidade Reguladora da Saúde (ERS), não produz qualquer ‘ranking’ comparativo dos hospitais, mas avalia o desempenho individual.«As classificações traduzem o desempenho apenas nas áreas concretamente avaliadas em cada prestador, não se podendo fazer extrapolações sobre o desempenho do hospital como um todo, ou mesmo de serviços do hospital», informa a ERS. 

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta