Sociedade

Seis causas para apoiar na Guarda e Seia no programa “Bairro Feliz” do Pingo Doce

Escrito por Jornal O Interior

Os vencedores serão conhecidos a 12 de dezembro e vão receber um donativo até 1.000 euros para concretizar os seus projetos

Apoiar causas de instituições locais é o objetivo do programa “Bairro Feliz” que está a decorrer nos supermercados Pingo Doce. No distrito da Guarda foram selecionadas seis iniciativas para as quais os clientes do retalhista do Grupo Jerónimo Martins podem votar até 11 de dezembro. Os vencedores serão conhecidos no dia seguinte e vão receber um donativo até 1.000 euros para concretizar os seus projetos.
Uma das causas foi candidatada pelo Lugar dos Pequeninos, da Associação de Promoção Social do Vale do Mondego, sediada no Porto da Carne (Guarda). A instituição, cujos recursos financeiros dão «apenas para satisfazer as necessidades do dia-a-dia», quer comprar equipamentos de exterior para que «as crianças possam brincar na rua e ter maior contacto com a natureza». Já um grupo de vizinhos candidatou a aquisição de equipamentos de proteção individual (EPI) para os bombeiros de Famalicão da Serra, que «muitas vezes não conseguem angariar tais valores». Por sua vez, o Abrigo Infantil da Sagrada Família, situado no bairro da Sequeira (Guarda), pretende adquirir novo material para as aulas de educação física e com isso «melhorar e alargar o leque de atividades» lecionadas.
De Gonçalo vem a quartacausa e que se destina também à aquisição de EPI’s para os bombeiros locais, cuja Associação Humanitária «não possui orçamento suficiente para a troca dos EPI’s em uso». Em Seia foi selecionada a Casa do Povo da cidade que quer implementar o projeto “Movimento +” para proporcionar aos utentes e famílias sessões de atividade física e de terapias de relaxamento e bem-estar, como psicomotricidade, yoga e meditação, entre outras. Finalmente, a Associação de Pais e Encarregados Educação da Escola Dr. Guilherme Correia de Carvalho, também na cidade serrana, tenciona instalar um corrimão de metal nos acessos aos quatro pavilhões daquele estabelecimento de ensino.
A votação decorre nas lojas Pingo Doce da Avenida de São Miguel e do Bairro de São Domingos, ambas na Guarda, bem como no estabelecimento de Seia. Para tal, os clientes terão acesso a uma moeda “Bairro Feliz” por cada 10 euros em compras para poderem participar. Esta iniciativa visa «fortalecer o vínculo com as comunidades locais, promover uma relação mais próxima e ativa com o bairro, garantindo que contribui para o bem-estar geral e, em especial, das comunidades onde se inserem as suas lojas», adiantam os promotores. A segunda edição decorre em nove distritos do Norte e Centro do país e conta com mais de 630 causas inscritas.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta