Sociedade

Desfile de Carnaval antecipa Julgamento do Galo

Escrito por Jornal O Interior

Domingo Gordo é dia de desfile e Julgamento do Galo na Guarda.
Inserido no programa do “GuardaFolia”, no domingo mais de 900 participantes, 29 carros alegóricos das freguesias do concelho e um carro alegórico com sátira ao executivo municipal vão desfilar pelas ruas da cidade, entre a Praça do Município e a Praça Luís de Camões, onde decorrerá o tradicional “Julgamento do Galo”.
Espera-se uma tarde de sátira e humor, baseadas nas tradições populares do concelho. A encenação da “morte” do galo incidirá na exploração de uma dramaturgia com um formato de libreto musical “operístico” interpretado por atores da ACERT, de Tondela, e com participações especiais da orquestra e de intérpretes de canto e teatro do Conservatório de Música e Artes do Dão, sob a direção de Luís Rendas Pereira, César Oliveira, na área do canto e da música e do maestro Pedro Carvalho. Este espetáculo contará ainda com a participação de 61 elementos das freguesias que participarão no desfile.
A construção do galo está a cargo de Nico Nubiola e de ZéTavares, uma dupla de cenógrafos que assina, desde, 1998, a criação de vários engenhos cénicos da ACERT. Na edição deste ano, a dramaturgia inspira-se no universo simbólico do livro de George Orwell, “O Triunfo dos Porcos”. No desfile a animação estará a cargo dos grupos Tocándar, Toc & Rodão, Tumbala, NemFáNemFum, Nice Groove, Porbatuka, Karma Drums, Projeto EZ, Beira Brass Band, Moustache Band, Bardoada e Bombos do Paúl. Já a produção está sob a responsabilidade de Trigo Limpo – Teatro ACERT, com direção artística e libreto de José Rui Martins.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta