Sociedade

CIMBSE aplica descontos nos passes a partir de 15 de maio

Escrito por Jornal O Interior

Data limite para introdução das medidas do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos foi revelada pelo primeiro-ministro, António Costa, na sexta-feira

Os descontos nos passes de transportes públicos na área da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) entrarão em vigor a 15 de maio, a data limite imposta pelo primeiro-ministro para a aplicação da medida em todo o território.
Na sexta-feira, no Porto, António Costa assegurou que até essa data todas as Comunidades Intermunicipais vão ter «medidas ajustadas» aos territórios, «para aumento da oferta de transporte público ou redução tarifária». Na cerimónia de assinatura dos contratos do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART), entre o Estado e a Área Metropolitana do Porto (AMP), o chefe do Governo acrescentou que é «cada CIM que está nas melhores condições de dizer como, em concreto, a redução tarifária pode ser aplicada e desenhar a melhor resposta para as suas necessidades». O primeiro-ministro esclareceu também que a redução tarifária no transporte público é uma «medida em quatro», porque é «amiga do ambiente, das famílias, da economia e da coesão territorial». E reiterou que, «ao contrário do que dizem os que mais criticam, esta medida não se destina só às Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto. O Governo deu o passo que devia ter dado, alargando a medida a todo o país».
Conforme noticiou O INTERIOR na última edição, no território da CIMBSE o processo de negociação ainda está a decorrer. «A primeira opção foi a subsidiação dos passes, pois parece mais lógico subsidiar os utilizadores habituais face aos ocasionais. Contudo, face ao reduzido número de passes na região, poderão surgir, das conversas com os operadores, outras soluções», disse fonte não identificada da Comunidade Intermunicipal à agência Lusa. A proposta da CIMBSE tem um custo total de 545 mil euros, dos quais 496 mil euros serão atribuídos pelo Fundo Ambiental, e prevê a redução de 30 por cento para todos os passes (aplicável apenas a residentes), para todos os passes para maiores de 65 anos e para menores de 19 anos. Está também contemplada a redução de 40 por cento dos passes dos transportes urbanos e de todos os bilhetes em transporte flexível na Covilhã, Gouveia, Guarda e Seia, e um desconto de 20 por cento em todos os passes em transporte ferroviário.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta