Sociedade

Cidade da Guarda ao ritmo dos “Santos do Bairro” até dia 23

Escrito por Jornal O Interior

A sexta edição dos “Santos do Bairro” começa dia 13 na Guarda e vai envolver as coletividades das cidades num evento de animação em torno dos santos populares.
Até dia 24 estão agendados bailes populares em nove bairros, gastronomia, marchas populares protagonizadas por cinco bairros, exposições, o concurso da “Boneca de Cristal” que vai envolver sete bairros e a realização da feira anual de São João (no dia 24) no centro da cidade. A novidade deste ano é uma exibição equestre, na véspera, no Largo da Misericórdia organizada pela Associação Equestre da Guarda e contará com a participação dos cavaleiros Miguel da Fonseca e Mário Lopes. Na apresentação do evento, realizada esta segunda-feira, Carlos Chaves Monteiro, presidente do município, assumiu que os “Santos do Bairro” pretendem dinamizar a economia da cidade e atrair visitantes. «Queremos dinamizar a cidade e projetar a Guarda além-fronteiras, além de valorizar a ação das associações locais que participam de forma ativa neste projeto», afirmou o autarca.
A festa dos santos populares começa em São Vicente (dia 13) e prossegue no Bairro da Luz (14), Póvoa do Mileu (15) Sequeira (16), Lameirinhas (17), Bairro do Pinheiro (18), Bonfim (19) e Alfarazes (20). No dia 22 desfilarão as marchas, a partir das 21h30, num espetáculo que terá o Alto do Pina (Lisboa) como marcha convidada. Participam Alfarazes, Bairro da Luz, Póvoa do Mileu, Sequeira e Bairro do Pinheiro. A melhor marcha será avaliada por um júri e arrecadará 1.500 euros. O bairro vencedor da “Boneca de Cristal” será conhecido na noite seguinte e terá direito a um prémio de 1.000 euros. Este ano concorrem Alfarazes, Bairro do Pinheiro, Bairro da Luz, Sequeira, Bonfim, Lameirinhas e Guarda-Gare, sendo que as respetivas coletividades terão um apoio de 3.000 euros para a conceção de figurinos e outros adereços.
Como habitualmente, antes da feira anual de São João nas ruas do centro da cidade, haverá uma festa de encerramento dos “Santos do Bairro” na envolvente aos Paços do Concelho com gastronomia, artesanato, animação de rua, baile popular e queima da boneca. Segundo o presidente do município, os custos do evento são da ordem dos 90 mil euros, «tal como no ano passado».

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta