Sociedade

Aluno de doutoramento na UBI cria app para participação pública

Escrito por Jornal O Interior

Um estudante de doutoramento em Sociologia da Universidade da Beira Interior (UBI) criou uma aplicação para “smartphone” que permite a identificação de problemas e o envio de propostas para espaços públicos.
Denominada “Participo.eu”, a aplicação disponibilizada por Henrique Oliveira destina-se a «apoiar a participação pública na identificação e priorização de problemas urbanos», segundo um comunicado da UBI. A app é de «utilização simples» e permite a «publicação de uma fotografia do local para o qual se tem uma proposta, sugestão ou reclamação, acompanhada de um pequeno texto explicativo e da localização GPS do telemóvel». Este procedimento irá permitir que as entidades públicas – após aderirem ao sistema – recebam por email a notificação de sugestões/ reclamações relativas às suas áreas. A aplicação pode ainda ser utilizada por associações de moradores ou outros grupos que poderão contratar, «a custo muito reduzido», o serviço de notificação das postagens relativas à sua área de interesse.
De momento, as publicações são todas anónimas, mas em breve será possível criar perfis e visualizar as publicações de outros utilizadores. «O principal objetivo desta ferramenta é dar voz às populações, que são quem conhece e vivencia os problemas dos espaços públicos das grandes ou pequenas localidades, mas que não dispõem de um meio fácil e acessível para relatar e propor soluções para problemas existentes», explica Henrique Oliveira, cujo trabalho teve orientação da docente do Departamento de Sociologia, Catarina Sales. A “Participo.eu” contou ainda com a parceria da Novageo Solutions e já se encontra disponível na Android Play Store.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta