Sociedade

196 pessoas com doenças avançadas atendidas na ULS da Guarda

Escrito por Jornal O Interior

196 utentes com doenças avançadas e 232 familiares foram atendidos nos últimos meses nas instalações da Unidade Local de Saúde da Guarda, no âmbito do “Programa de Apoio Integral a Pessoas com Doenças Avançadas” da Fundação ”la Caixa” em Portugal.
A iniciativa desenvolvida em colaboração com o Ministério da Saúde «complementa a ação dos serviços públicos de saúde centrando-se no apoio integral prestado a pessoas com doenças avançadas e às suas famílias», segundo comunicado enviado pela fundação. Foi implementado um modelo de intervenção por equipas de apoio psicossocial (EAPS), já executado em Espanha e que agora foi alargado a Portugal. As EAPS são constituídas por «profissionais com formação e experiência para prestar apoio psicossocial e espiritual em situações de doença avançada, com vista a melhorar os aspetos emocionais (ansiedade, tristeza, mal-estar emocional, adaptação ao estado de doença), favorecendo o bem-estar dos doentes e seus familiares», segundo a mesma nota. Em Portugal foram selecionadas 10 EAPS integradas em equipas de cuidados paliativos e distribuídas por diferentes regiões do país.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta