Região

Manteigas promove-se com atividades desportivas

Escrito por Sofia Craveiro

Granfondo da Serra da Estrela, etapa da Taça do Mundo de Parapente e Feira Antiga vão decorrer no início de julho

Manteigas será palco de diferentes atividades em julho que irão permitir «fazer evoluir» o município «através das suas características naturais», considera Esmeraldo Carvalhinho, presidente do município serrano. Trata-se do Granfondo da Serra da Estrela, da Taça do Mundo de Parapente e da Feira Antiga que, de acordo com a autarquia, contribuem para dinamizar o concelho e atraem um número significativo de visitantes.
Os três eventos foram apresentados na quinta-feira, no Centro Interpretativo do Vale Glaciar do Zêzere, em Manteigas, onde Esmeraldo Carvalhinho sublinhou os ganhos económicos da região durante a realização destas atividades, nomeadamente a nível «das dormidas e da restauração», devido ao número de participantes e respetivos acompanhantes. Estas iniciativas agendadas para o próximo mês acarretam um custo total de 180 mil euros que, segundo o presidente da Câmara, é superado pelo efeito que geram no «crescimento na economia do concelho». A terceira etapa da Taça do Mundo de Parapente, que será disputada de 29 de junho a 6 de julho, trará à vila 125 pilotos internacionais, nesta que é a única prova daquela competição a realizar em Portugal. As restantes têm lugar em França, China, Brasil e Argentina.
A prova é organizada pela WIND – Desporto, Natureza e Aventura, sob a chancela da Paragliding World Cup, e tem o apoio da Câmara de Manteigas. Já o Granfondo da Serra da Estrela, evento de cicloturismo que já conta com 600 inscritos de 13 países, terá lugar a 7 de julho. Esta é a sexta edição de uma competição cujo percurso levará o pelotão até à Torre, com passagem por Seia. A organização está a cargo do Clube Chronos, em parceria com a Ultra Spirit Sports e, este ano, conta atingir os 1.000 participantes até à data limite das inscrições. A par com as iniciativas desportivas decorre ainda a Feira Antiga. Agendada para os dias 5, 6 e 7 de julho, o certame irá transformar o Largo Dr. João Isabel e a Praça Luís de Camões, no centro histórico de Manteigas, em dois pontos de tradição e gastronomia regional, tentado recriar as atividades ancestrais do final de século XIX. Durante os três dias haverá bailes, animação de rua, degustações e diversas atuações, que contribuem para a ocupação de visitantes não participantes nos eventos desportivos. «Já não olhamos para o turismo como uma atividade sazonal, mas antes permanente», afirmou o edil manteiguense, que com estas atividades espera «atrair visitantes, divulgar o concelho e as suas potencialidades no desporto de aventura».

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta