Região

Belmonte: Trabalhadores de fábrica de calçado em greve devido a salários em atraso

Escrito por Sofia Craveiro

Os trabalhadores da empresa Classic Belmonte Shoes entraram hoje em greve devido a atrasos nos salários. Cerca de dezena e meia de funcionários estiveram à porta da referida fábrica (que fechou as portas) e informaram que vão proceder à suspensão dos contratos.

«Desde Outubro de 2018 que os trabalhadores da empresa de calçado no parque industrial de Belmonte têm recebido os vencimentos com atraso, tendo nos últimos meses esta situação se agravado nos prazos», de acordo com o comunicado enviado pelo Sindicato de Trabalhadores do Sector Têxtil da Beira Baixa.

A administração da firma terá recebido um aviso de pré-greve «que dava à empresa a possibilidade de pagar até ao dia 8 de Julho» os salários de maio e junho, segundo a mesma nota. Este aviso foi também partilhado com a Câmara Municipal de Belmonte e a Autoridade para as Condições do Trabalho.

No seguimento da falta de pagamento que se verificou até hoje, os funcionários deslocaram-se aos escritórios da empresa, no parque industrial de Belmonte, e comunicaram o início da greve. Após este aviso, deslocaram-se à Câmara Municipal para informar desta situação. No regresso, as portas da fábrica encontravam-se fechadas.

Apesar de anunciarem a suspensão dos contratos, os trabalhadores admitem regressar ao trabalho «bastando efetuar o pagamento dos salários em dívida e de imediato estes trabalhadores não efetivam a suspensão», informa o sindicato.

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta