Região

Belmonte Medieval «não pode deixar de ser o que é»

Escrito por Sofia Craveiro

Já foi inaugurada a feira dedicada à “A Lenda do Cativo de Belmonte”.

O certame, que este ano é inspirado por um quadro existente no museu de Ponta Delgada, nos Açores, abriu portas hoje às 18 horas, extendo-se até dia 18 de agosto.

Durante a cerimónia de inauguração, o Presidente da Câmara Municipal de Belmonte, António Dias Rocha, afirmou que apesar de algumas alterações realizadas ao nível da disposição das barraquinhas e à equipa envolvida na organização a «feira não pode deixar de ser o que é», sublinhou o edil. António Dias Rocha mostra-se ainda optimista no que respeita a superar os milhares de visitantes de edições anteriores, em especial devido ao aumento da extensão temporal do evento, «que se proporcionou devido ao feriado esta quinta-feira».

Após os anúncios oficiais de abertura, o tradicional cortejo que marca a abertura da feira percorreu as ruas da vila até ao castelo, com o atento acompanhamento de visitantes e munícipes.

 Para esta quinta-feira (feriado), está agendada a ceia medieval, realizada no interior da fortaleza, onde será também apresentado o espetáculo comunitário “A Lenda do Cativo de Belmonte”, pelas 22 horas. O evento terá animação de rua, uma ceia medieval e um torneio de luta de espadas. A lista de atividades inclui ainda várias oficinas, passeios de burro, cortejos, espetáculos de teatro e momentos musicais.

A feira Belmonte Medieval, que este ano conta com 136 expositores, é organizada pela autarquia e pela EMPDS – Empresa Municipal de Promoção e Desenvolvimento Social do Concelho de Belmonte.

Veja as fotos do cortejo abaixo:

Sobre o autor

Sofia Craveiro

Deixar uma resposta