Política

Paulo Carmona (Iniciativa Liberal) defende «menos Estado» e novo modelo de desenvolvimento

Escrito por Luís Martins

Paulo Carmona, cabeça de lista da Iniciativa Liberal pelo distrito da Guarda, visitou O INTERIOR esta sexta-feira, no âmbito da pré-campanha do partido. Acompanhado de Pedro de Lencastre, atual Conde da Guarda e número dois da lista, o candidato defendeu menos Estado na vida económica e social do país.

«O Estado deve ser colocado ao serviço dos cidadãos. Queremos um Estado nosso amigo e não nosso dono. Pelo contrário, atualmente temos uma visão socialista do Estado, muito parecida com a salazarista, em que o Estado é mais importante que o indivíduo», considerou Paulo Carmona, que tem raízes familiares em Santo Estêvão, no concelho do Sabugal.

Na sua opinião, o país deve também mudar de modelo de desenvolvimento, pois o que tem sido implementado nos últimos vinte anos tem levado ao empobrecimento: «Os únicos países que estão a crescer são aqueles que têm uma visão liberal da economia e que têm um modelo de crescimento que poderíamos acompanhar. Mas por cá insistimos num modelo que é dirigido pelo Estado, que é muito centralista, e que abafa a iniciativa privada», sustenta o cabeça de lista da Iniciativa Liberal.  

Depois de visitarem O INTERIOR, os candidatos realizaram uma pequena arruada no centro da Guarda e uma sessão pública. Saiba mais na próxima edição de O INTERIOR.

Sobre o autor

Luís Martins

Deixar uma resposta