Apoio Social

Escrito por Jornal O Interior

Duas semanas após o incêndio no Bairro Nossa Senhora de Fátima, na Guarda-Gare – que destruiu por completo duas habitações – os antigos moradores continuam à espera de um teto. A autarquia afirma que as casas de habitação social estão preenchidas e relata que «não possui nenhum programa de apoio ao arrendamento». A Segurança Social abriu um processo que até agora não se converteu em mais respostas.Numa cidade onde a oferta de casas para alugar não responde à procura, a família continua desalojada e sem apoio social por parte das entidades competentes.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta