Economia Especial Ranking Maiores Empresas

Coficab é a maior empresa e a mais exportadora da Beira Interior

Escrito por Jornal O Interior

A Coficab Portugal está à frente do Ranking 50 Maiores Empresas do Distrito da Guarda elaborado por O INTERIOR.

Saiba mais sobre as indústrias da região e seus principais intervenientes na série de artigos “Especial Maiores Empresas” que serão publicados brevemente.

A Coficab Portugal lidera, pelo segundo ano consecutivo, o ranking das 50 maiores empresas do distrito da Guarda com um desempenho sem comparação na região.
A produtora de fios e cabos para automóveis sediada em Vale de Estrela (Guarda) foi a única cujo volume de negócios ultrapassou a barreira dos 200 milhões de euros, tendo terminado o ano de 2018, a que reporta esta lista, com um resultado ligeiramente superior a 234 milhões de euros. A quase totalidade desse valor foi gerado com exportações, sendo que a empresa continua a ser a mais exportadora da região.
A EST – Empresa Senense de Tabacos manteve o segundo lugar do ranking, mas faturou menos do dobro da Coficab. Mesmo assim, com mais de 106 milhões de euros de volume de negócios, a distribuidora de tabaco é a segunda empresa acima dos 100 milhões de euros no distrito. A Águas do Vale do Tejo ficou abaixo dessa fasquia e segurou o terceiro lugar, enquanto a Unidade Local de Saúde da Guarda – a maior empregadora do distrito com 1.422 trabalhadores – terminou 2018 na quarta posição com pouco mais de 89 milhões de euros de volume de negócios. Contudo, a ULS registou um prejuízo de mais de 17,9 milhões de euros no exercício económico de 2018.
Todas as restantes 46 empresas tiveram volumes de negócios abaixo dos 50 milhões de euros, entre elas a Dura Automotive, que em 2018 ocupava o quinto lugar do ranking com um volume de negócios de 48,2 milhões de euros. Em 2018, a empresa apresentou um prejuízo de cerca de 3,5 milhões de euros, o segundo mais elevado a seguir à ULS da Guarda.
O ranking confirma a concentração das maiores empresas na sede do distrito, pois 26 das 50 listadas estão localizadas no concelho da Guarda. Dessas, destaque para as duas unidades do grupo francês Olano. Em conjunto, a Olano Portugal Transportes SA e a Olano Portugal Logística e Distribuição Lda. somam volumes de negócios de cerca de 29,2 milhões de euros.
Registo também para o facto do Parque Eólico da Serra do Ralo SA, em Celorico da Beira, ter registado o segundo maior lucro do exercício entre as 50 empresas elencadas a seguir à Coficab, com um resultado líquido de pouco mais de 4 milhões de euros.
Outro destaque deste ranking é o crescimento dos postos de trabalho nas quatro empresas de componentes para automóveis (Coficab, Dura, ACI e Sodecia), que no final de 2018 empregavam 1.353 pessoas – mais 154 que em 2016.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta