Economia

“Beira Interior – Vinhos & Sabores” potencia negócios

Escrito por Jornal O Interior

O certame “Beira Interior – Vinhos & Sabores”, terminou no domingo, em Pinhel, e os promotores fazem um «balanço positivo» do evento, que atraiu milhares de visitantes e proporcionou alguns negócios aos produtores.

«Apostámos muito naquilo que era a possibilidade de negócio dos nossos produtores», adianta Rui Ventura, autarca de Pinhel, no rescaldo de mais uma edição da feira “Beira Interior – Vinhos e Sabores”. O edil mostra-se satisfeito com a «cada vez maior adesão» do público ao evento e destaca que o objetivo de facilitar a concretização de novos negócios foi conseguida.

«O feedback dos importadores presentes é positivo no que diz respeito aos produtos e à sua relação qualidade-preço», afirma o presidente do município, segundo o qual também «os produtores afirmam que houve bons contactos» que, nalguns casos, resultaram em negócios concretizados. «Não sei quantos, mas sei que se fecharam alguns na feira, o que já é muito positivo», sublinha Rui Ventura. Também Rodolfo Queirós, presidente da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior (CVRBI), fala num «balanço positivo» e salienta que, além de atrair pessoas à região, o evento fez com que estes visitantes «deixassem cá dinheiro, nas mais diversas formas», o que considera ser «extremamente importante para a economia regional». A feira de vinhos e sabores foi complementada com atividades desportivas e a gala de entrega dos Prémios Vinduero/Vindouro, o que extrapolou o impacto do evento para lá de Pinhel, nos concelhos vizinhos da Guarda, Trancoso, Mêda e Figueira de Castelo Rodrigo – onde os participantes e visitantes ficaram alojados durante o fim de semana, segundo relata Rodolfo Queirós. «Falei com algumas pessoas que conheço de Espanha e estavam de facto maravilhadas com a forma como foram recebidas», conta o responsável.

A quinta edição do “Beira Interior – Vinhos & Sabores” contou com a participação de 60 expositores, entre produtores de vinho, de queijo, doçaria, enchidos, mel e azeites. Promovido pelo município e pela Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior (CVRBI), o evento teve ainda provas comentadas de vinhos e sessões de “showcooking”, animação musical, seminários dedicados ao tema. Durante os três dias foi também constante a presença de importadores e exportadores de vinhos no certame, bem como de críticos e comercializadores. Na cerimónia de abertura, realizada na sexta-feira, Fernando Martins, diretor regional de Agricultura e Pescas, elogiou o evento ao sublinhar que «é a prova do dinamismo e capacidade» de um setor que protagonizou «uma progressão notável na última década».

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta