Cultura

SIAC chega a Belmonte, Covilhã, Seia e Foz Côa

Escrito por Jornal O Interior

O Simpósio Internacional de Arte Contemporânea volta a sair da Guarda e chegar a Belmonte, Covilhã, Seia e Vila Nova de Foz Côa, alguns dos municípios que apoiam a candidatura da Guarda Capital Europeia da Cultura 2027.
No dia 8 será inaugurada a extensão na Covilhã, cuja galeria de arte Tinturaria vai receber a exposição de pintura do Museu da Guarda “Visualidades polimorfas” com obras de Júlio Pomar, Rui Chafes, João Cutileiro, Mário Rita, Pires Vieira, Vítor Pomar, Eurico Gonçalves, Júlio Cunha e Maria Lino. No dia seguinte será a vez da Casa Municipal da Cultura de Seia acolher uma exposição de fotoxilogravura do Museu da Guarda. O SIAC chega a Vila Nova de Foz Côa a 10 de junho com a mostra “Poesia Lírica e experimental em homenagem a Paula Rego” e a exposição de gravura “Fotopolímero a Cores”.
Finalmente, no dia 13 ficará patente em Belmonte a mostra de escultura “Intercepções – um lugar dialogado”, com obras de Susana Piteira, Susana Miranda, Pedro Figueiredo, José António Elvira e José Ingacio Pérez.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta