Cultura

Calafrio estreia “O Torcicologologista, Excelência”

Escrito por Jornal O Interior

O Teatro do Calafrio está em cena no TMG até sábado, sempre às 21h30, com a peça “O Torcicologologista, Excelência”.
Esta criação foi produzida a partir da obra homónima de Gonçalo M. Tavares e tem adaptação dramatúrgica e encenação de Américo Rodrigues. A interpretação é de Ana Couto, Ana Dinis, Luciano Amarelo e Solange Monteiro. O autor coloca «algumas “excelências” a debater, elucubrar, sofismar, sobre como se faz uma revolução, o tempo, o espaço, a linguagem, o corpo, entre dezenas de assuntos. E aí está o torcicologologismo da coisa: os diálogos fazem-nos olhar para outros lados dos assuntos propostos e até mesmo para outros lados da ideia de lógica. É como se os personagens quisessem dizer que sofremos de torcicolo das ideias, sempre olhando para as mesmas ideias, para o mesmo lado de todas as questões», escreve a propósito do texto Reginaldo Pujol Filho.
No domingo o Calafrio promove a última sessão do ciclo “Contradizer”, que consistirá numa iniciativa coletiva com a participação de vários criadores e oradores. A atividade tem início pelas 16 horas na sede da coletividade, na antiga escola primária do Rio Diz. Vão intervir a escritora Odete Ferreira, o músico César Prata, o artista visual Tiago Rodrigues, a musicóloga Cristina Fernandes, o ator Luciano Amarelo, o poeta Américo Rodrigues, o professor e escultor José Teixeira, a divulgadora de cinema Ana Couto, o jornalista Pedro Dias de Almeida e o músico Nuno Veiga. A entrada é livre.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixe comentário