Cultura

Artistas Unidos trazem Noël Coward ao TMG

Escrito por Jornal O Interior

Os Artistas Unidos apresentam este sábado (21h30) a peça “Vidas Íntimas”, de Noël Coward (1899-1973), no Teatro Municipal da Guarda.
Trata-se de uma «comédia clássica, sofisticada», sobre as vicissitudes do casamento e do divórcio, mas também uma análise cínica e aparentemente descomprometida das relações. Passada em França por volta de 1930, “Vidas Íntimas” segue o recém-divorciado casal, Amanda e Elyot, que ocupam involuntariamente quartos adjacentes no hotel em que ambos celebram a sua lua-de-mel com os seus novos companheiros. «A frivolidade só é frívola para aqueles que não são frívolos», diz a Madame De na obra-prima de Max Ophüls. E podia aplicar-se a este teatro de “dinner jackets”, champanhe, rosas, camélia e muita malícia. «Sob a doçura de uma Primavera na Cote d´Azur quanto veneno, quanta maldade, quanto amor perdido? Uma obra-prima que queremos revisitar, um grande autor “menorizado” e fundamental. Depois de Pinter, Williams, Miller, quem? E com um sorriso de compreensão pelas fraquezas humanas», escreve a produção a propósito da peça.
A tradução é de Miguel Esteves Cardoso e a encenação de Jorge Silva Melo. A interpretação de Rúben Gomes, Rita Durão, Tiago Matias, Vânia Rodrigues e Isabel Muñoz Cardoso.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta