Manuel Jarmela Palos

Haverá melhor sentença do que um juiz declarar que o tribunal «não teve quaisquer dúvidas» da inocência de um arguido? Foi o que aconteceu a Manuel Jarmela Palos. Os últimos anos do ex-diretor do SEF, natural de Vilar Formoso, que tem um percurso imaculado naquele organismo, foram difíceis, mas a justiça fez o seu caminho e o dirigente acabou por sair pela porta grande do tribunal. Entretanto a sua carreira foi destruída e os anos perdidos não os poderá recuperar.

Sobre o autor

Jornal O Interior

Deixar uma resposta